Alunos Maristas dão novo uso a lousas que seriam descartadas

16 de jan

Alunos do Colégio Marista Anjo da Guarda e da PUCPR desenvolveram o projeto de reciclagem

Um grupo de alunos Maristas de Curitiba criou um projeto que dá um novo uso as lousas que seriam descartadas. A iniciativa dos alunos Colégio Marista Anjo da Guarda e da Escola de Arquitetura e Design da PUCPR transforma o material em módulos para exposição.

O material, que seria descartado, vira matéria-prima para a criação de módulos dos módulos. A ideia surgiu para atender à demanda do colégio por móveis que pudessem comportar as exposições realizadas frequentemente na instituição.

“Os estudantes tiveram a oportunidade de participar de um processo de criação muito rico. O interessante é o processo e não somente o resultado final”, descreve a professora de Artes do Colégio Marista Anjo da Guarda, Gizele Bettega Teixeira.

Trabalho em conjunto

Os estudantes do 9° ano foram responsáveis pelo desenho, concepção do conceito e maquete. Com base em uma curadoria, foram selecionados os elementos mais marcantes desenvolvidos por cada equipe para o projeto final.

Os móveis são versáteis e se adaptam a qualquer material que será exposto. A produção resultou na criação de 16 módulos em dois tamanhos diferentes, incluindo quatro em formato circular, que estão sendo utilizados para diferentes exposições.

Projeto Acontece

A ideia surgiu, primeiramente, a partir do tema que foi abordado no Projeto Acontece, uma bienal realizada no colégio há 23 anos. Cada edição propõe um tema do universo artístico, o deste ano foi design.

Paralelamente, acadêmicos da PUCPR participaram ativamente como apoiadores para que a realização da proposta fosse concretizada, por meio do projeto Cria.Ação. Além de resignificar os materiais, pensando em soluções não convencionais, a proposta serviu para incentivar a reflexão sobre o uso consciente deles.