Primeira etapa do Hermitage Marista reúne participantes

5 de abr

Nomes como Marcelino Champagnat, Fourvière e Montagne fazem parte do universo e do dia a dia de trabalho Marista. Mas para um grupo de pessoas esses nomes começam a ter um outro significado.

No último dia 29 de março, teve início mais uma edição do curso Hermitage Marista, em Curitiba (PR), organizado pelo Setor de Vida Consagrada e Laicato e que faz parte do Programa de Formação e Vivência Marista. A décima turma, composta de leigos, colaboradores e irmãos do Grupo Marista, acompanhou aulas sobre a vida de São Marcelino Champagnat, o contexto histórico durante a vida do fundador do Instituto Marista e aprofundou temas de como foi consolidada a missão Marista, de educar e tornar Jesus Cristo amado e conhecido por todos. A troca de experiências e o conhecimento adquirido nesse primeiro módulo surpreendeu os participantes.

Os bons comentários dos colegas despertou o interesse de Alessandra de Souza, que é bibliotecária no Centro Social Marista Irmão Rui- Ribeirão Preto (SP), pra fazer o Hermitage. Depois de três tentativas, ela está frequentando as aulas. “Só sabia da missão Marista pelas atividades que a Pastoral desenvolvia. Não tinha conhecimento de muitas coisas que foram abordadas aqui”, comenta. O mais chamou a atenção de Alessandra, foi saber da união de padres que, junto com Marcelino Champagnat, fizeram a promessa de criar uma sociedade dedicada à Maria, mãe de Jesus.

Já para Edinéia Boruck, conhecer mais sobre a vida e história do fundador traz um novo significado ao trabalho. A colaboradora da Diretoria Financeira, que está no Grupo Marista há 10 anos, tentou organizar sua rotina para participar do Hermitage. “Os períodos do curso em anos anteriores não me permitiram frequentar as aulas”, conta.

Tanto para Alessandra e Edinéia, como para todos os outros alunos do Hermitage, mais que o conhecimento histórico e espiritual de Champagnat, é ter a certeza que cada um dos participantes tem a missão de levar o legado de nosso fundador adiante.

Em cerca ocasião, passando por momentos de grandes dificuldades, Champagnat rezou para Maria, a quem sempre chamou de Boa Mãe: “Se não vierdes em nosso auxílio, pereceremos, apagar-nos-emos como lamparina chegada à última gota de azeite, mas, se este Instituto desaparecer, não será a nossa obra que perecerá, porém a vossa, pois fostes Vós que tudo fizestes entre nós”.  Hoje os alunos do Hermitage Marista sabem que são a luz da lamparina que deve propagar os ensinamentos e o carisma deixado por Marcelino.

Sobre o curso

O Hermitage Marista proporciona o conhecimento do contexto histórico, social, político e religioso da vida de São Marcelino Champagnat e dos primeiros Irmãos. Aprofunda temas importantes do Patrimônio Histórico e Espiritual Marista (PHEM). Atualiza a proposta pedagógica e evangelizadora de Marcelino para os dias de hoje. O curso acontece em três etapas e faz parte da etapa de Aprofundamento do Programa.

Fique por dentro das novidades do Grupo Marista