Como utilizar a tecnologia de forma positiva em sala de aula?

10 de out

Tablets, lousa digital, aplicativos interativos, celulares e outros tipos de tecnologia são aliados do professor no processo de ensino-aprendizagem

A tecnologia tomou conta da vida escolar dos estudantes. Músicas, mensagens, vídeos, textos, tudo na palma da mão em apenas um toque. O que é isso? Como faço aquilo? Quem foi esse? Como resolvo isso? Os sites de busca respondem, resolvem e informam, facilitando o acesso à informação.

Se usada de forma contextualizada, a tecnologia é uma grande aliada do professor no processo de ensino-aprendizagem, segundo a coordenadora pedagógica do Colégio Marista Champagnat, de Ribeirão Preto (SP), Juliana Christina Rezende de Souza, que utiliza esse recurso para acelerar o aprendizado e tornar suas aulas mais atrativas.

Usando a tecnologia a favor da educação

“Quando usamos ferramentas diferentes para trabalhar os conhecimentos  com os alunos, ampliamos a possibilidade de ter sucesso e de alcançarmos os objetivos em sala de aula de maneira significativa e com engajamento dos estudantes”, afirma Juliana. Diante dos bons resultados obtidos, a coordenadora dá dicas para usar a tecnologia como aliada dos professores no processo de ensino-aprendizagem:

Tablets

O dispositivo auxilia na exploração dos conhecimentos curriculares, dependendo do recurso disponível. Pode ser útil também na realização de testes, atividades e simulados controlados e monitorados pelo professor.

Lousa digital

Usada para ministrar aulas em todas as disciplinas, a ferramenta também disponibiliza programas específicos que auxiliam o professor na hora de trabalhar o conteúdo em sala de aula. Esse recurso facilita o entendimento por parte dos alunos, pois trabalha o conteúdo de maneira mais visual, por meio de gráficos, desenhos e demonstrações mais dinâmicas.

Aplicativos interativos

O uso de aplicativos interativos voltados para o desenvolvimento dos alunos pode ser empregado em sala de aula e é compatível com diversas plataformas como computadores, tablets e celulares. São ferramentas úteis pois despertam o interesse dos alunos com sua interface gamificada (em formato de jogos).

Celular

Praticamente todo estudante tem um celular, que pode ser utilizado como ferramenta em benefício do aprendizado dentro da sala de aula, se essa for a abordagem da escola. O professor pode realizar atividades específicas para interagir com o aluno por meio de aplicativos educacionais.

Nenhum desses recursos substitui a presença do professor em sala de aula, apenas aprimora o processo de ensino-aprendizagem. Estudos mostram que ao longo de uma aula de 45 a 50 minutos, a atenção de um estudante é mantida por apenas 18 minutos – então o que fazer nos minutos restantes para envolvê-los e maximizar seu aprendizado?

É aí que os celulares, tablets, enfim, a tecnologia entra. Interatividade é a palavra-chave nessas horas. Considerar essas ferramentas para interatividade estimula e aproxima o estudante do conteúdo de forma mais sensorial, em consonância com seu mundo fora da escola, levando a uma aprendizagem significativa.