Grupo Marista promove o primeiro Retiro Irmãos e Leigos

28 de jul

Entre os dias 16 e 21 de julho, a montanha que acolhe o Recanto Champagnat, em Florianópolis (SC) ficou parecida com as montanhas sagradas da Bíblia: um lugar de encontro com Deus, consigo, com os outros e com a natureza. Foi neste local que o aconteceu a primeira experiência de Retiro voltados para Irmãos, leigos e leigas do Grupo Marista, dinamizada pelo Setor de Vida Consagrada e Laicato (SVCL), do Grupo Marista.

Participaram do encontro 20 Irmãos, 10 leigas e 9 leigos, adultos e jovens, de várias comunidades religiosas e frentes de missão, do Movimento Champagnat da Família Marista (MChFM), dos grupos laicais e do Laicato Jovem. Também acompanharam a experiência Paulo Quermes, da Área de Vida e Consagrada e Laicato da UMBRASIL e Gustavo Balbinot, do Setor de Espiritualidade da Província Marista Sul-Amazônia.

De acordo com Rosana Alves, colaboradora do SVCL, os dias foram marcados por momentos de oração comunitária e pessoal, por partilhas em pequenos grupos e por tempos de silêncio e reflexão. “Os Irmãos, já acostumados a essas práticas, ajudaram os leigos a fazer o caminho”, diz. Era fácil perceber o ambiente de família, a compreensão mútua, a abertura de coração.

O Retiro contou com a participação da teóloga leiga Lucia Pedrosa Pádua, da PUC-RJ e da Ataendi – Centro de Espiritualidade Teresiana, que provocou o grupo com reflexões sobre a “Vida Nova”, tema do retiro. A cada dia, ela ia oferecendo ao grupo considerações baseadas na Bíblia, com toques da espiritualidade de Santa Teresa D´Ávila. Não foi difícil para os participantes ligar tudo isso à experiência Marista e ao carisma de Champagnat.

Na semana de encerramento do Ano Fourvière que nos pedia para vivermos a comunhão entre Irmãos, leigos e leigas a mensagem comum que ecoava na mente dos participantes era a seguinte: “Somos herdeiros dessa Promessa e nos cabe continuar o projeto daqueles jovens, de um mundo diferente, com mais vida e entusiasmo”.

Ao término do Retiro, o Superior Provincial, Ir. Joaquim Sperandio, convidou todos a descerem a montanha e retornarem à casas, ao trabalho, à roda de amigos e amigas, à missão marista, ao empenho na comunidade cristã, mas com Jesus em sua companhia, participando de sua intimidade, conscientes de que é o Senhor quem pede para ir a águas mais profundas.

A experiência de retiros conjuntos, entre Irmãos e leigos, está acontecendo em vários lugares do mundo Marista. Trata-se da busca pela nova relação, mais estruturada e cada vez mais comprometida. Este primeiro Retiro promovido pelo SVCL foi um momento de comunhão, de crescimento da vocação marista e de maior comprometimento com a missão de Champagnat e a tendência é que novas edições sejam feitas em breve.