Conheça as soft skills essenciais para o mercado de trabalho

Além das hard skills, os recrutadores estão de olho nas habilidades que mostram a personalidade e os valores dos profissionais

O mercado de trabalho está sempre em evolução. Por isso, ficar atento às novas tendências é fundamental para saber como se destacar dos demais. Anteriormente, as hard skills cumpriam esse papel. Agora, porém, as soft skills estão se tornando cada vez mais essenciais no currículo e na carreira dos profissionais.

As hard skills são aquelas habilidades técnicas adquiridas em cursos, graduações e especializações. Assim, cada vez mais os profissionais estão buscando esses conhecimentos, fazendo com que as empresas encontrem novas maneiras de fazer a seleção. É nesse cenário que entram as soft skills.

Essas habilidades estão muito relacionadas à personalidade de cada um. Elas também podem demonstrar os valores e as intenções dos profissionais. Dessa maneira, as empresas estão buscando justamente aqueles candidatos que mais se encaixam em seus próprios valores, tornando a relação muito mais harmoniosa e produtiva para todos.

As soft skills mais valorizadas no mercado de trabalho

1. Criatividade e inovação

Para inovar, basta pensar em novas soluções que otimizem tempo e recursos. Por isso, a criatividade é uma característica bastante valorizada atualmente. A pandemia mostrou que todos têm papel essencial na resolução de problemas. Portanto, destaque essa qualidade em seu currículo caso você seja uma pessoa que pensa fora da caixa.

Exemplos de criatividade e inovação:

  • Habilidade de pesquisa
  • Tomada de decisões
  • Pensamento lógico
  • Mentalidade analítica

2. Inteligência emocional

Compreender as próprias emoções e também as emoções dos outros é uma soft skill que muitos procuram, principalmente neste contexto de pós-pandemia. Agora, a saúde mental está cada vez mais acolhida pelos empregadores. Por isso, saber lidar com estresses e frustrações tem se tornado ainda mais relevante na hora de contratar novos funcionários.

Exemplos de inteligência emocional:

  • Controle emocional
  • Empatia
  • Automotivação
  • Otimismo
  • Consciência organizacional

3. Gestão do tempo

O trabalho remoto e híbrido se popularizou bastante nos últimos anos, principalmente em decorrência da pandemia. Aos poucos, ele já vinha sendo implementado desde antes da crise sanitária, mas agora se tornou um diferencial para atrair novos candidatos. Por isso, as empresas valorizam aqueles que sabem administrar seu tempo de forma eficiente. 

Exemplos de gerenciamento de tempo:

  • Saber priorizar
  • Saber delegar
  • Ter foco
  • Gerenciamento de carga de trabalho

4. Escuta ativa

Saber ouvir é uma soft skill que demonstra o seu comprometimento com as demandas e com a empresa. Ou seja, é preciso participar ativamente das reuniões, das conversas e dos feedbacks. O trabalho remoto dificulta essa característica, já que reuniões por videoconferência podem gerar distrações. Por isso, concentre-se como se estivesse no modo presencial.

Exemplos de escuta ativa:

  • Ouvir atentamente
  • Prestar atenção em expressões faciais, linguagem corporal e tom de voz
  • Demonstrar empatia
  • Dialogar com perguntas 

5. Boa comunicação

Além de ouvir direito, é preciso saber se comunicar com eficiência. Participar das conversas, trazer ideias e apontar melhorias são importantes comportamentos. Vale destacar que a boa comunicação deve acontecer com todos os públicos, tanto internos (colegas e fornecedores) quanto externos (clientes e visitantes).

Exemplos de boa comunicação:

  • Comunicação verbal
  • Comunicação não verbal
  • Comunicação escrita
  • Feedback construtivo
  • Falar em público
  • Persuasão

6. Colaboração

O trabalho em equipe nunca esteve tão em alta, ainda mais agora que o home office está mais popular. Porém, os colaboradores precisam saber como atuar juntos mesmo com a distância física entre eles. Também é importante que a comunicação seja clara e transparente, a fim de não criar atritos desnecessários.

Exemplos de colaboração:

  • Trabalho em equipe
  • Diplomacia
  • Respeito
  • Empatia
  • Comunicação

7. Liderança

A soft skill da liderança demonstra que a pessoa quer crescer dentro da empresa. Para isso, a liderança é uma habilidade que acaba reunindo todas as demais características necessárias para se tornar um profissional de destaque. Assim, evidencie em seu currículo ou durante a entrevista os grandes projetos que você conduziu. 

Exemplos de liderança:

  • Habilidades de gestão
  • Tomada de decisões
  • Resolução de conflitos
  • Gerenciamento de projetos
  • Mentoria
  • Responsabilidade

Como desenvolver as soft skills?

Muita gente acha que as soft skills são apenas dons inatos das pessoas, mas não é bem assim. Ainda que essas habilidades possam ser talentos pessoais, a maioria delas permite o desenvolvimento por meio de diferentes técnicas. Porém, esse aprendizado raramente estará em salas de aula. Ou seja, a pessoa deve ir atrás desse aperfeiçoamento por conta própria. Nesse sentido, participar de treinamentos e buscar o autoconhecimento são dois exercícios que devem ser constantes. Também peça feedbacks de seus colegas e gestores, a fim de compreender quais pontos você deve aprimorar. O aprendizado contínuo é fundamental para estar sempre por dentro das tendências do mercado de trabalho.

Compartilhar este post

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.