9 dicas para ter mais resiliência profissional no trabalho

Veja algumas dicas práticas para desenvolver a resiliência profissional e conseguir enfrentar melhor os desafios do trabalho

A resiliência profissional pode ser entendida como a capacidade de resistir, lidar e reorganizar positivamente a situação após sofrer um evento negativo no trabalho. É a capacidade de uma pessoa responder às pressões e demandas da vida diária.

Pessoas resilientes lidam melhor com as demandas no trabalho e essa é uma habilidade que pode ser desenvolvida com pequenos gestos no dia a dia. Para ajudar, veja 9 dicas para ter mais resiliência profissional.

1. Aceite bem as mudanças

A flexibilidade é um aspecto fundamental da resiliência. Por isso, aprender a aceitar, e até apreciar a mudança é uma excelente maneira para lidar e responder bem a qualquer inconveniente que possa surgir.

Além de aceitar as mudanças, também é preciso ir atrás delas, aumentar o grau de curiosidade e abertura para novas experiências, saindo da zona de conforto. Isso vai lhe proporcionar oportunidades infinitas que nunca considerou.

2. Aprenda coisas novas

Para se adaptar às mudanças, você precisa aprender coisas novas de forma contínua. Por isso, esteja sempre aberto para novos conhecimentos. Você pode, por exemplo:

  • fazer cursos e oficinas;
  • participar de palestras e workshops;
  • ler blogs interessantes;
  • ler livros de assuntos diversos;
  • aprender com conteúdo gratuito na internet como em canais no YouTube ou perfis no Instagram;
  • aprender com seus colegas de trabalho.

Abrir sua mente para novos métodos trará grandes benefícios a longo prazo.

3. Não tenha medo de errar

Muitas pessoas têm medo da possibilidade de falhar ou cometer erros, mas as que são resilientes conseguem transformar essas falhas em passos que as aproximam de seus objetivos.

Os erros devem ser vistos como oportunidades de crescimento e aprendizado e não como obstáculos, falhas e fracassos. Como disse Thomas Edison: “Eu não falhei, só encontrei 10.000 maneiras que não funcionam”.

4. Estabeleça metas realistas

Cada pequeno passo é importante para ter resiliência profissional, como, por exemplo, estabelecer metas realistas e alcançáveis que oferecem grandes benefícios. Em primeiro lugar, ajuda na concentração e mantém o profissional motivado.

Além disso, dividir um grande propósito em muitos objetivos menores o tornará mais gerenciável, evitando que você se sinta sobrecarregado.

5. Celebre seu sucesso

Reserve algum tempo no final de cada dia para rever o que correu bem e parabenize-se. Isso treina a mente para buscar o sucesso, em vez de insistir na negatividade e no “fracasso”.

Foque em tudo o que deu certo naquele dia, por menor e mais insignificante que pareça. Além disso, use o que não deu certo para aprender mais e agir diferente da próxima vez.

Assim sendo, você sempre irá agir de forma positiva, deixando o pessimismo de lado.

6. Faça suas tarefas com atenção

É fundamental realizar todas as tarefas diárias com concentração, mesmo aquelas que parecem simples, como uma ligação ou anotar um recado. Tenha total foco naquilo que está fazendo, dessa maneira, você consegue ter uma visão melhor de tudo que precisa produzir e das pessoas envolvidas.

Além disso, ao trabalhar em projetos intensos, defina pausas curtas ou diversifique seu trabalho para que você sempre tenha a opção de fazer coisas diferentes ao longo do dia.

 7. Lembre-se que você trabalha em equipe

Uma das características da resiliência profissional é dar a importância certa para o trabalho em equipe e a construção de relacionamentos fortes com os colegas.

Quando isso acontece, o profissional constrói uma rede de apoio entre os colegas de trabalho. Por consequência, sempre que houver um problema que o estressa, parte da ajuda pode vir do compartilhamento entre todos.

Portanto, sempre que você tiver um problema, lembre-se que não está sozinho e a solução pode partir de seus colegas de trabalho.

8. Seja menos rigoroso consigo mesmo

Erros acontecem e são totalmente normais. Todas as pessoas podem errar e é necessário tomar consciência e aprender com ele.

Por mais que você tente ser resiliente, pode cometer deslizes ou até mesmo ter uma reação emocional inadequada diante de alguma situação. Tenha a compreensão disso para aprender a reagir adequadamente no futuro.

É importante não se punir, apenas reconhecer sua humanidade e se policiar para que não aconteça de novo.

9. Cuide da sua saúde física e mental

É muito comum que, quando algo no trabalho não funciona como se quer, o profissional tende a ficar sobrecarregado e acaba deixando de lado momentos de lazer e descanso. No entanto, essa atitude é ruim tanto para o bem-estar como para o desempenho profissional.

Ao cuidar de suas necessidades, você aumentará sua resiliência e estará mais preparado para enfrentar os desafios diários. Por isso, siga algumas dicas como:

  • Se desligue do trabalho após o expediente.
  • Tenha momentos de lazer com a família.
  • Faça algo que goste de fazer sozinho.
  • Tome um banho relaxante.
  • Tenha um hobby e se dedique a ele.
  • No trabalho, não pule momentos importantes como o almoço ou pausa para descanso.
  • Quando necessário, busque ajuda profissional como psicólogos.

Adquira o hábito de se exercitar todos os dias e tente seguir uma dieta adequada. A mente também se beneficia de um corpo saudável.

A resiliência profissional é uma habilidade que todos os trabalhadores deveriam desenvolver, porque é excelente para o bom convívio dentro da empresa.

Acompanhe nosso blog para mais dicas.

Compartilhar este post

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.